quarta-feira, 22 de agosto de 2007

CONCEITO DE ALIENAÇÃO (SEGUNDO KARL MARX)

O conceito de alienação é vasto e pode englobar várias maneiras e formas de pensamento. O primeiro filosofo a abordar esse tema foi Karl Marx. Isto está explicito em dois de seus trabalhos que respectivamente são: Manuscritos econômicos filosóficos (1844) e Elementos para a critica econômica política (1857), ambos enfatizam que o sistema capitalista é um sistema extremamente explorador e injusto, principalmente com as classes menos favorecidas economicamente, como a classe do proletariado sente na pele a todo momento essa injustiça.
Na idade média o artesão detinha todo o conhecimento da fabricação do produto, com o surgimento da industrialização o operário era apto e exercer e trabalhar em uma só função, ou seja, em uma parte da fabricação do produto, sendo assim o trabalhador não participando de todo o processo da produção não seria necessário entender o que estaria ajudando a produzir, tinha apenas que cumprir sua parte na linha de montagem. Peguemos o exemplo do fabricante de cordas para violões, antes do surgimento do capitalismo e suas grandes fabricas, quem fabricava as cordas conseqüentemente fabricava também o violão, afinava-o e tocava o instrumento muito bem. Com essa individualização na fabricação do instrumento, o operário fabricava as cordas enquanto outro fabricava o corpo do violão e o outro já fabricava o braço do instrumento, outro trabalhador é pago só para afina-lo e assim por diante. Assim não teria como obrigação todos os operários saberem tocar violão. Outro exemplo mais recente acontece com o operário metalúrgico que coloca portas nos carros produzidos na grandes montadoras, o mesmo passa todo o período produtivo de sua vida montando automóveis para chegar a conclusão final de que nunca possuirá o bem que ajuda a fabricar. A esse exemplo pode-se encaixar o que Karl Marx chama de “objeto se sobrepondo ao sujeito”, em outras palavras, é a alienação da negação, pois Marx defendia a idéia que o individuo deveria se impor diante do objeto e não o contrário. A partir do momento que o sujeito nega a negação Marx da o nome desse acontecimento de “desalienação”.
A produção depende do consumo e o consumo depende da produção, esse modo é cíclico, quando se é consumido o que é produzido e não se produz mais, o ciclo se fecha. Esse ciclo pode ser definido como ciclo de alienação, porém em uma sociedade capitalista isso é impossível de acontecer, pois o que se é produzido tem que por obrigação ser consumido em um prazo mais rápido possível, para que se produza sempre mais e mais explorando o proletariado, que toma corpo quando por exemplo o patrão não paga o salário devido e não cumpre com os direitos trabalhistas. Sem essa exploração a elite não acumula capital e conseqüentemente não obtém lucros e assim não pode continuar o processo de alienação.
Marx também trabalha a alienação humana através do fetichismo, onde o individuo começa a valorizar mais os bens materiais como automóveis, mansões, etc. e deixa-se de admirar atos bondosos ou a inteligência do sujeito e passa a dar mais valor ao capital que o sujeito tem, sendo o dinheiro o maior desses fetichismos, pois com o dinheiro se é capaz de comprar todos os bens matérias.
A religião também tem grande poder de alienar, pois explica fatos que são cientificamente inexplicáveis. Certa vez Marx citou em seu livro Manuscritos econômicos filosóficos, (paginas 45-46): “A religião é o suspiro do oprimido, é o ópio do povo”.
Segundo o filosofo, esse modo de alienação que as classes dominantes exercem sobre as classes dominadas só terá seu fim decretado com a chegada do comunismo entre as classes econômicas.

38 comentários:

Mylah ramos disse...

nuss!! adorei seu cometário sobre alienação


tinha q ser de ramos mesmo ;P

Anônimo disse...

Parabéns Marcilio!
Eu preciso fazer uma prova sobre o assunto e estava com algumas dúvidas que acabei sanando através de seu comentário!
Vlew!
Um abraço

apenas isso. disse...

nossa! gostei muito desse seu texto!
Karl marx é Karl Marx!
e me quebrou um galhão pra um trabalho! hehehe
obrigada!
Andrea Salmeron

Anônimo disse...

Muito bom seu texto!!
Me ajudou bastante.
Valeu mesmo!
abração
André-RJ

Anônimo disse...

otimo o seu texto!
melhor ainda se todos pudessem e quisessem ler e entender esse assunto deixando de lado o orgulho e a ignorancia.veleu cara !!!

DEH disse...

ADOREI O TEXTO !
FACÍL DE ENTENDER E GRAÇAS A ELR PRETENDO FECHAR UM TRABAHLO DE FILOSOFIA . OBRIGADO!!!

Anônimo disse...

Gostei muito do comentário,era exatamente o que estava procurando, mais claro impossível.
grata.

Nathalia disse...

Parabéns cara,
seu texto fico muito bom, me ajudou muito!
abração cara.

Lucas/SP

Luis disse...

Texto muito bom!
Ajudou pra caramba no meu trabalho!
Obrigado!!
abraço.

Anônimo disse...

parabens muito clara a sua explicação me serviu muito

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Anônimo disse...

obrigada pelo texto..me ajudou bastante!

G disse...

nossa cara vc e o genio vlw mesmo posta umas coisas a mais ai que vai ficar nota 100
vlw 1 abração

Anônimo disse...

ai que legal adogoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

leilazeredo disse...

li muito sobre o conceito de alienação mas seu texto me fez entender de forma que também dá para explicar oralmente numa exposição de trabalho...super! parabéns e obrigada...

Anônimo disse...

obrigada....me ajudou muito...parabens

Anônimo disse...

Gostei!Está muito bem resumido, embora tenha pecado em algumas concordâncias e com o vocabulário, mas de qualquer maneira tem os meus parabéns.

Gildinho disse...

Parabéns, você me ajudou muito, para o trabalho que irei apresentar hoje, foi de grande importância.
Obrigado

Anônimo disse...

VC ME AJUDOU D++++++++++++ VALEU!

Anônimo disse...

veja a palestra inteira (parte 1 a parte 9) sobre o marxismo, é muito mais explicativa. http://www.youtube.com/watch?v=DjiwE5Stw-g

Anônimo disse...

Bom é , mas só faltou ser mais explicito do que dissertativo!
Para melhor compreenção, poderia ter a resposta referente ao tema, mais exposta, contudo, ajudou muito Parabéns Marcílio :=)

Anônimo disse...

As coisas mudaram um pouco.
O jeito que Marx idealizou o Comunismo não é como ele funcionou em Cuba, Antiga União Soviética e agora a China. São governos autoritários que distorceram o conceito de comunismo que Marx idealizou.

A alienação se dá intensamente hoje pelos meios de comunicação, TV, Rádio, Internet, etc. A grande massa adota como verdade tudo que se propaga massivamente por estas mídias que são defensoras dos ideais do governo, que no fundo, bancam e controlam todos eles. Então acho que hoje o problema é muito mais sério do que a falta de identificação com o processo de trabalho, mas toda uma construção psicológica de um povo por meios de comunicação.

Um exemplo disso são os telejornais que dizem simplesmente que a inflação aumentou 7% no último ano, mas ninguem sabe absolutamente nada sobre economia e inflação, apenas são guiados por qualquer informação que surja na grande mídia, ou seja, jamais se questionarão se a inflação está sendo usada estrategicamente diminuir seu poder de compra e o individar mais, ao mesmo tempo que causa a sensação de que há mais poder de compra.

Desta forma, até mesmo o capitalismo é mascarado. Vivemos em um imperialismo econômico ditador, que controla a política, meios de comunicação, universidades, religiões e todas as esferas da civilização, tiranizados e financiados por grandes corporações mundiais que são imperiais, não capitalistas, pois não exercem livre mercado, não correm risco de falir ou quebrar, mas sim, ditam as regras de como a economia deve funcionar, interferindo no comportamento de toda civilização.

A nossa Alienação atual é midiática, muito mais perigosa, doentia, profunda, severa, que a alienação industrial pelo trabalho que Marx em sua época descreveu.

Anônimo disse...

Cara, Muito bom o seu texto.
Direto, sem complexibilidade, e simples de entender. Dou uma dica sobre a fonte.
Talvez se trocar por arial ou Verdana, fique mais estético.
O TEXTO SETÁ OTIMO, ME AJUDOU BASTANTE!.
OBRIGADO

Débora Soares disse...

Como ficou fácil entender alienação com seu texto.........muito obrigada.

Anônimo disse...

muito obrigada o seu texto está excelente, entendi perfeitamente a alienação.

Karina Rangel disse...

Meus parabéns!!
Tive uma aula sobre Karl Marx na minha faculdade e fiquei impressionada como as suas informações coincidiram com a aula que eu tive anteriormente...
Muito bom o texto!bjs.

Rafael Frutuoso disse...

vale ressaltar também que o conceito de alienação de Karl Max não se resumia somente a alienaçao no que diz respeito a relação entre patrão e proletariado,pois a mesma extrapola esses limites e chega a esfera politca uma vez que a classe dominante vende uma realidade que não corresponde de fato aos sistemas políticos, já que a politica é feita por a classe dominante e para a classe dominante, ao mesmo tempo respinga também na filosofia e na ciência, pois fez surgir ideologias que alienavam o homem como um todo. uma outra observaçao que gostaria de fazer é que o capitalismo se mantem muito forte e um dos principais motivos é que o operario pensa como patrao,ele nao quer ser comunista ou socialista, o que ele quer mesmo é acumular bens e ao inves de ser explorado o que ele quer mesmo é ser explorador.

Anônimo disse...

Nossa, maravilhoso o seu texto! Tenho uma prova na faculdade hoje e consegui compreender muito melhor o conceito de alienação. Parabéns!

Henrique Metz disse...

muito bom,me quebrou um galhao...

Anônimo disse...

arrasei no trabalho de sociologia kk obg mt bom

Alex disse...

Texto objetivo e de fácil compreensão, obrigado colega!

Anônimo disse...

O primeiro foi Hegel. Um abraço, Alex. Marx se apropria da ideia de alienação de Hegel e a molda a sua teoria.

Anônimo disse...

esse texto esta ótimo sobre alienação, pois explica cada ponto detalhando os contextos e álem de tudo mostra o seu verdadeiro sentido!!

Anônimo disse...

Eu tenho que fazer um trabalho de sociologia sobre todos os conceitos do marxismo, este.texto vai ajudar muito.

Magali disse...

Excelente texto,muito objetivo e esclarecedor!

Márcio Santos disse...

Estou lendo varios textos para fazer uma prova e esse é mais um que ajudou muito.Nota 10,show de bola$$$$$$$rs...

Márcio Santos disse...

Estou lendo varios textos para fazer uma prova e esse é mais um que ajudou muito.Nota 10,show de bola$$$$$$$rs...

Desenhos do Arthur disse...

Jovem escritor,
para sua reflexão: MARX não era a favor de uma ciência positivista.
Abraço, F.